Afinal, qual a diferença entre uma startup e uma pequena empresa

0

Apesar de ser um termo frequentemente usado na atualidade, ainda existem muitas dúvidas em relação à definição de uma Startup. Neste artigo vamos falar um pouco mais sobre esse consideravelmente novo segmento de negócios e quais são as suas principais diferenças quando comparadas a uma empresa convencional. 

 

O que é uma Startup? 

Para início de conversa, sabia que a tradução da palavra Startup em inglês significa ‘’começar algo’’? Apenas com essa tradução muita coisa já ficou clara, não é mesmo? rs 

O conceito de startup nasceu na década de 1990, nos Estados Unidos. Com o passar do tempo e com a sua popularização na internet, surgiram dúvidas quanto às principais características desse tipo de negócio, o termo então começou a caracterizar empresas enxutas, associadas a algo inovador, que estão no início de suas atividades, mas que conseguem crescer rápido graças à tecnologia.

Mesmo parecendo muito claro, até empreendedores confundem quando devem ou não utilizar o termo Startup como definição do seu negócio. Por exemplo, não é difícil encontrarmos donos de negócios que falam que vão criar uma empresa startup, quando na verdade vão abrir uma loja no shopping ou um mercado no bairro.

Precisamos ressaltar que existe uma diferença grande entre uma pequena empresa, com modelo de negócios tradicional e uma startup, com modelo de negócios escalável

 

 

Características de uma Startup. 

Inovação: As startups inovam na maneira que eles atendem às necessidades dos seus clientes e resolvem seus problemas, é o tipo de negócio que visa crescer muito rápido ao propor ideais diferenciados como solução para possíveis questões e demandas do mercado.

Vale destacar que uma Startup não precisa exatamente inovar  no produto ofertado, ela pode utilizar um produto já existente e diferenciar na forma como este produto é disponibilizado para o cliente final. 

 

Time enxuto: uma forte característica das startups é iniciar com uma equipe pequena, geralmente de 2 a 4 sócios-fundadores que atuam em áreas importantes e fazem de tudo para que a empresa cresça. 

Os primeiros membros da equipe da startup são os mais importantes e geralmente definem se a startup terá sucesso ou não. 

 

Escalável: De forma prática, ser uma empresa escalável é produzir e entregar em grande escala, visando retorno rápido. 

As Startups conseguem expandir o número de clientes, usuários e/ou faturamento de forma acelerada, sem precisar aumentar seus custos na mesma proporção. Isso é possível, pois, empresas startups desenvolvem processos extremamente bem pensados que geralmente alavancam tecnologia.

 

 

Diferenças entre uma Startup e empresas tradicionais: 

Operar em grandes mercados. 

Já ficou claro, que a principal meta de uma StartUp é crescer e alcançar concorrentes que possuem mais clientes, é por isso que elas atuam em grandes mercados. 

Com tudo dando certo, a startup se tornará uma empresa grande em pouco tempo!

 

Objetivo. 

Diferente de empresas tradicionais que tem como objetivo gerar lucros assim que possível, muitas vezes a startup abre mão a ter lucros significativos nos primeiros anos para crescer o mais rápido possível.

 

Nunca cair na mesmice. 

Uma startup sempre procura oferecer produtos e serviços que tenham uma utilidade diferenciada para os clientes. Com isso, ela sempre busca formas inovadoras para lidar com a demanda dos clientes. 

 

Conclusão: 

Enquanto uma pequena empresa está focada em um modelo de negócio tradicional, na maioria das vezes em mercados pequenos e com o objetivo de pagar os seus custos e gerar um pequeno lucro para os donos, as Startups implementam um modelo escalável em grandes mercados com o objetivo de crescer e inovar rapidamente. 

 

 

Share.

Comments are closed.